Açúcar Refinado: Como Substituí-lo?

Estamos vivendo um momento onde alimentação tem sido muito discutida e a proposta de uma alimentação mais saudável está agradando muitas pessoas.

 

Escolher melhor os alimentos, sempre priorizando a individualidade bioquímica, aumenta significativamente as chances de uma longevidade saudável.

 

Dentre os alimentos menos saudáveis está o açúcar, especialmente o açúcar refinado. O consumo aumentado de tal alimento propicia, e muito, o desenvolvimento de patologias como diabetes tipo 2 e a obesidade. Além disso, facilita o desequilíbrio do colesterol, triglicérides e compromete a saúde intestinal, aumentando demasiadamente a ansiedade e a compulsão alimentar. Isso porque muitos estudos tem apontado o açúcar como um alimento que vicia tanto quanto (ou mais) algumas drogas. Quanto mais for consumido, mais o indivíduo quer.

 

O açúcar refinado é um alimento que pode ser substituído por formas de adoçar mais saudáveis. Nessa linha temos o açúcar mascavo e o açúcar demerara, que são mais naturais. Existe ainda o açúcar de coco, que é uma opção com índice glicêmico baixo, podendo ser usado por todas as pessoas, inclusive por quem tem diabetes, desde que esteja com ela sob controle. Mel e melado também são opções não refinadas, porém com índice glicêmico alto, nesse caso indivíduos com diabetes devem evitar.

 

Além dessas opções de açúcares, as próprias frutas como banana e frutas desidratadas como as tâmaras e as ameixas secas adoçam facilmente preparações como vitaminas e mousses por exemplo.

 

Quanto menos utilizarmos o açúcar refinado no dia a dia, menos nosso corpo vai “pedir”. Fazendo boas substituições e moderando na quantidade, é possível manter a forma e a saúde em dia. Invista na sua saúde, ela é seu maior bem!

 

Vera Lucia Moratelli Warmeling

Nutricionista – CRN10 2631

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

Cidade:

Estado:

Mensagem:

Digite o texto da imagem acima: